Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arquivo Rua Direita

Arquivo Rua Direita

28
Ago09

A remuneração da banca de investimento

Carlos Martins

Sarkozy vem insistindo na urgência em colocar um cap na remuneração variável dos traders - ok, ok, sou parte interessada na matéria, mas ainda assim, tenho direito a opinar - e quer agora ver alargada essa sua intenção a todo o espaço do G8 e mesmo G20. Por cá ainda não há ecos desta iniciativa, mas parece-me que não deverá demorar.


 


A questão é mais complexa que o simples populismo arcaico sobre o excesso no pagamento dos bónus. É obvio que houve exageros, e é obvio que se cometeram excessos, assumindo riscos que não eram convenientemente acautelados via remuneração variável, que depende(ia) exclusivamente dos resultados imediatos. 


 


O problema é que após a crise há vários pontos fundamentais a ter em conta nesta matéria:


 


a) há bancos que não necessitaram de ajuda dos Estados (e portanto, provou-se que estavam à altura de responder à crise, quer em termos de solidez, quer em termos de gestão de risco, e obviamente em termos de remuneração);


 


b) Os contribuintes devem ter a sua situação acautelada para futuras crises semelhantes;


 


c) Não compete ao Estado intrometer-se na remuneração de colaboradores de entidades privadas (já chega o que faz com os impostos...);


 


d) Este tipo de acção não pode ser levada a cabo por um país isoladamente, sob pena de perda de competitividade (o mesmo se aplica à questão das offshores).


 


Ora, o que resta aos Estados fazer é simplesmente recompensar devidamente quem não precisou e não usou a ajuda dos contribuintes, não deturpando ainda mais a concorrencia (algo que aconteceu injustamente aquando das nacionalizações), e actuar nas entidades onde se tornou accionista, agindo como tal. Se não quiser manter as posições, restar-lhe-á livrar-se delas (a maior parte com um lucro bastante simpatico, já agora).


 


Agora tirar colocar um limite à remuneração soa a injustiça se for aplicado apenas a uma classe profissional.

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contacto

ruadireitablog [at] gmail.com

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2009
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D